Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Comando Distrital de Leiria


Segunda-feira, 21.06.21

147.º Aniversário do Comando Distrital da PSP de Leiria

O Comando Distrital da Polícia de Segurança Pública de Leiria comemorou, no passado dia 17 de junho, o seu 147º aniversário (1874 – 2021). A Cerimónia Policial foi realizada no Comando Distrital, sendo presidida pelo Diretor Nacional Adjunto da Polícia de Segurança Publica, Superintendente-Chefe Abílio Pinto Vieira.

Fica aqui o testemunho dos momentos mais marcantes, os quais representam de forma singela mas digna esta Instituição Centenária.

Estamos de parabéns!  

Guarda Polícia.jpgGuarda de Polícia ao Diretor Nacional Adjunto

 

discurso DNA.jpg

discurso CMDT.jpgDiscursos

 

Medalhas e Louvores.jpgCondecorações

 

Medalhas DNA.jpg

Medalhas Cte.jpg

Medalhas.jpgImposição de condecorações

 

louvores.JPG

louvores (2).JPGEntrega de Louvores

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Comando Distrital de Leiria às 14:58

Quinta-feira, 25.09.14

Breves notas sobre a criação da Polícia no Distrito de Leiria

..."é possível incluir a criação das polícias civis numa

arte de governar através da liberdade."

Gonçalo Rocha Gonçalves

 década de 30/40, Leiria

A 2 de julho de 1867 foram criados os corpos de Polícia Civil de Lisboa e do Porto, seguindo-se-lhe a criação de outros corpos de Polícia Civil nas diversas capitais de distrito, tal como estipulava a Carta de Lei do Rei D. Luís.

O processo político da sua criação tinha início numa proposta do Governador Civil à Junta Geral do Distrito, uma assembleia distrital que reunia todos os concelhos do distrito e que votava anualmente um orçamento.

Leiria foi o primeiro distrito fora de Lisboa e do Porto onde a Polícia Civil foi criada, em 17 de Junho de 1874, começando por ser, na verdade, uma esquadra de polícia civil com 8 guardas.

 A proposta da sua criação, apresentada pelo Governador Civil e aprovada nesse dia pela Junta Geral do Distrito, foi louvada nos seguintes termos:

“Sua Magestade El-Rei tendo visto os officios de 4 do corrente mez, em que o governador civil de Leiria dá conta de ter levado a effeito a creação de um corpo de polícia civil (…) com o fim de garantir a segurança individual e de propriedade, e participa também que a junta geral do districto votou por unanimidade a quantia necessaria para ocorrer às despezas d’esta tão util instituição, e que a camara municipal respectiva offerecêra gratuitamente uma casa nos paços do concelho para accomodação da força de polícia (…): manda louvar o governador civil por ter tomado a iniciativa em assumpto de tanta utilidade, e por dar prova do seu zêlo e interesse pelo serviço publico(…)”Paço, em 10 de Julho de 1874.” In Diário do Governo n.º 164, de 27 de julho de 1874."

A Esquadra de Polícia Civil de Leiria possuía um Regulamento próprio que lhe conferia as competências de polícia administrativa, de polícia judiciária e de polícia correcional decorrentes da Carta de Lei do Rei D. Luís, de 2 de julho de 1867.

É sabido que terá iniciado a atividade efetiva logo após a sua criação, sendo possível encontrar o registo da primeira multa passada em 13 de agosto de 1874.

José Maria Monteiro Mora foi designado o primeiro comissário da polícia de Leiria, tendo assinado o seu termo de juramento a 19 de Julho de 1876 no Governo Civil.

Quatro anos após a sua criação tornou-se evidente a necessidade de integrar novos guardas, pelo que, a 21 de Janeiro de 1878 se fez saber através de edital que o corpo de Polícia Civil de Leiria iria integrar novos reforços que reunissem vários requisitos de entre os quais a robustez e boa aparência e o saber ler e escrever. Estes critérios de recrutamento não eram distintos dos utilizados noutros distritos.

Em 1928, um ano após a criação formal da Polícia de Segurança Pública, que passou a integrar sob uma estrutura nacional os diversos corpos de Polícia Civil existentes, a PSP passou a estar presente na sede do concelho de Caldas da Rainha, seguindo-se o concelho de Peniche em 1932, o concelho de Alcobaça em 1950, o concelho da Marinha Grande em 1951, o concelho de Nazaré em 1956 e o concelho de Pombal em 1985. Em 1967 foram criados os postos policiais de Monte Real, de S. Pedro de Moel e de S. Martinho do Porto e em 1979 foi criado o posto de Vieira de Leiria (locais onde esta Polícia já não se encontra). Em 2008 foi criada a Esquadra de Marrazes, no concelho de Leiria, a mais recente subunidade do Comando Distrital de Leiria.

 

 1967, policiamento de grandes eventos: visita do Papa Paulo VI, Leiria 

1957, visita da Rainha Isabel II ao Mosteiro de Alcobaça

 1981, comemorações do dia do Comando, Leiria

1960-1970, laboratório policial, Leiria

 1955, efetivo do Posto da Marinha Grande

1954, posto de Peniche 

década de 70… polícia sinaleiro, Leiria  

 1972, edifício do Regimento de Artilharia, Leiria  -  atual sede do Comando da PSP de Leiria

  

Hoje representamos a herança de uma Polícia com identidade nacional e distrital.

Desde 1874, vigilantes pela segurança!

Todos os dias!

 

 

Fontes: "Uma história da PSP de Leiria", Superintendente Flávio dos Santos Alves, "Preleções, teorias e as dinâmicas da formação dos polícias em Lisboa, 1867-1910", Gonçalo Rocha Gonçalves e "Uma polícia para todas as horas e todos os momentos: a criação das policias civis na transformação liberal do Estado /1862-1868)", Gonçalo Rocha Gonçalves.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Comando Distrital de Leiria às 15:15



A nossa Visão!

Ser uma Polícia moderna, altamente qualificada e coesa, contribuindo para tornar o Distrito de Leiria, mais seguro, reforçando o respeito e a confiança dos cidadãos que servimos!

O nosso Lema!

"Vigilantes pela segurança"

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



calendário

Julho 2022

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Mensagens

banner_112

Estou Aqui!

Instagram

Instagram